sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Diretor do Sinte/RN de Ceará-Mirim comenta resultado do concurso para professor


Pauta antiga dos trabalhadores em educação de Ceará-Mirim, o concurso para professores da rede pública no município finalmente saiu e já disponibilizou a lista de aprovados. Um dos diretores do Sinte/RN Regional de Ceará-Mirim, Jose Silva, comentou sobre o concurso. Confira:

"Bom dia, meus amigos e amigas! Ontem, 22/09, saiu o resultado do tão esperado concurso público de Ceará-Mirim. É público e notório que o número de vagas ofertadas no certame para professores foi aquém da realidade. Visito às escolas constantemente e conheço a realidade. Existe escola que não tem nenhum professor do quadro. Em audiência com o prefeito, questionamos o número de vagas oferecidos e a resposta dele foi que era uma exigência da Comperve para não aumentar o valor da taxa de inscrição. Daí o motivo do critério de só analisar os títulos de quem estivesse inseridos no total de 10 vezes o número de vagas. Obviamente que não concordamos com esse discurso. Vendo o resultado final do concurso, percebe-se que nem o número que deveria ter sido classificado para a correção dos títulos foi atingido. Isso significa que teremos que travar uma luta com o próximo prefeito (seja ele quem for, pois para mim não faz diferença), a fim de garantir a convocação de todos os professores de Educação Infantil e dos Anos Iniciais logo no início do ano letivo de 2017. Não aceitaremos mais a farra dos contratos. Parabéns a todos os aprovados, me incluindo, é claro e vamos à luta!"

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Sinte convoca trabalhadores(as) em educação para Paralisação Nacional do dia 22


O Sinte/RN convoca as trabalhadoras e trabalhadores em educação da rede estadual e das redes municipais para participar da Paralisação Nacional no dia 22 de setembro. A orientação é que todos os profissionais da educação suspendam suas atividades.

A parada está sendo convocada pelas principais centrais sindicais do país, inclusive à CUT, entidade a qual o Sinte é filiado, bem como pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).

O intuito é reunir os trabalhadores de todas as áreas para protestar contra os cortes de direitos que vêm sendo aplicados pelo governo Temer:

O PLP 257 – Que limita os Planos de Carreira
A PEC 241 – Que congela o Piso do Magistério
O PL 4567 – Que desvincula os royalties do petróleo para educação
A Reforma da previdência – Que acaba com a aposentadoria especial
E o Projeto Escola Sem Partido – Que amordaça os educadores

No dia haverá um debate sobre os projetos de lei que retiram direitos dos trabalhadores. O debate acontecerá a partir das 9h, no auditório do Sinte. Às 17h, com concentração no Midway, será realizado um ato público em defesa da educação e contra a retirada de direitos.


Junto ao Dia Nacional de Paralisação da Educação, no dia 22 de setembro, teremos nossa programação local, que contará com:

Cronograma de atividades

13h - Assembléia do Sinte Extremoz

15h - Plenária Unificada
Local: Universidade Aberta

16h30 - Ato e caravana para Natal

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Temer quer que você trabalhe 12 horas por dia


Dê adeus a sua saúde mental e física, aos momentos de lazer com sua família e amigos e aos sonhos que necessitam planejamento. Temer (PMDB) quer realizar uma reforma nas leis trabalhistas que permitirá que os empresários ponham seus empregados para trabalhar 12 horas por dia, ao invés de 8. Isso dá 48 horas por semana, ao invés de 44.

Adicione isso ao fato de que Temer quer que o trabalhador brasileiro só se aposente aos 70 anos. Ou seja, ele quer que a gente morra de tanto trabalhar e enriquecer os bolsos dos patrões e banqueiros. A desculpa é sempre a crise econômica e quem tem que pagar com sangue, suor e lágrimas é o trabalhador. Essa medida não trará mais prosperidade ao Brasil, muito pelo contrário. Aumentar o tempo de trabalho é uma forma de manter o povo escravizado.

A falácia da meritocracia é dizer que quem quer crescer na vida, se esforça e consegue. Como o trabalhador e os filhos do trabalhador crescerão para uma vida digna se ele não terá tempo de estudar para passar no vestibular? Ou terá tempo para cuidar da saúde? Ou tempo para passar com a família? Como os trabalhadores conseguirão educar seus filhos se passarão mais tempo trabalhando e preso no trânsito? Isso não é progresso, é apenas o velho esquema dos mais ricos que querem manter os mais pobres submissos as suas vontades.

A resposta virá na luta, nos gritos, nas ruas. Trabalhador não é escravo, não é máquina! Fora Temer, Fora Dilma, Fora todos eles!

Fonte: Catraca Livre

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

domingo, 4 de setembro de 2016

Equipe do governo Temer quer que professores se aposente após 65


Cientes de que assumirão em definitivo a presidência da república, Temer e sua equipe econômica anunciam um dos maiores ataques à classe trabalhadora do país: uma reforma da previdência que impõe idade mínima de 65 anos para homens e mulheres. Projeto prevê inclusive passar um rolo compressor na aposentadoria especial dos professores, que pelas normas atuais se aposentam cinco anos antes dos demais trabalhadores.

Para o especialista em direito previdenciário Kléber B Albuquerque, essa medida do governo trará um grande prejuízo aos trabalhadores, vez que a média de idade do povo brasileiro se aproxima bastante dessa idade mínima que querem impor para aposentadoria. "Na prática, milhões se aposentarão à beira do cemitério", enfatiza.

O Dr. Kléber pondera também que o fim da aposentadoria especial dos professores é um absurdo. Ele explica que esse direito não trata-se de qualquer regalia, mas sim de uma justa recompensa para o setor que exerce, sob fortíssimo desgaste físico e psicológico, a crucial e nobre missão de educar os brasileiros.

Segundo o ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil, projeto é para ser enviado ao Congresso em dezembro deste ano. E a expectativa do governo é de que seja aprovado sem maiores problemas, vez que os deputados e senadores que votaram pelo impeachment da presidenta Dilma estão firmes com o Planalto.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Audiência na Prefeitura de Ceará-Mirim acontecerá no dia 9


O Sinte/RN de Ceará-Mirim convida a todos os trabalhadores em educação para participar da audiência com o prefeito Antônio Peixoto, que acontecerá na sexta-feira, dia 9, às 9h.

Todos na Prefeitura!

domingo, 28 de agosto de 2016

Ceará-Mirim terá assembleia com indicativo de greve no dia 13

Os trabalhadores em Educação de Ceará-Mirim tem um encontro marcado no dia 13 de setembro, terça-feira, às 8h, na Escola Municipal Adele de Oliveira. Nossa assembleia será com indicativo de greve, por isso a participação de todos é essencial. Além da greve, nossa pauta também consistirá em:

* CONJUNTURA (Análise do momento atual no Brasil)
* CAMPANHA SALARIAL (Informes da audiência)
* GESTÃO DEMOCRÁTICA
* AVALIAÇÃO
* ENCAMINHAMENTOS DE LUTAS


Confira nossa nota:

Faltam 4 meses para acabar o ano de 2016, bem como o mandato do prefeito Antônio Peixoto (PR). É triste que, depois de 8 anos, ele e sua equipe de governo pensem que este tempo foi pouco para resolver os problemas da educação. As escolas ainda têm os problemas do início de seu primeiro mandato, como as faltas e más qualidades da merenda e do transporte escolar para professores e alunos; a falta de materiais de higiene, limpeza e de expediente; o não pagamento de 1/6 sobre férias, o não cumprimento da hora atividade na íntegra; as escolas que precisam de reforma e construção de novas; falta de recursos tecnológicos nas escolas; acessibilidade; a falta de professores para o ensino infantil; o Plano de Carreira do pessoal de Apoio, e outros problemas. 

Cansamos de esperar pelo prefeito, que alega falta de dinheiro, mas os candidatos desse ano prometem resolver tudo num passe de mágica. Não aceitaremos a destruição da escola pública sem nos manifestarmos.

A prioridade do prefeito agora é o eleitor, pois seus candidatos precisam de votos. Por isso ele está visitando as escolas, casas e comunidades para dizer que essa administração do descaso e do abandono deve continuar.

Precisamos lutar por nossos direitos e por uma escola pública gratuita e de qualidade. Não podemos nos iludir com as promessas dos que querem substituir Peixoto, pois não são melhores ou diferentes. Sabemos bem qual a atitude deles ao assumirem o cargo. Não duvidem que os acordos feitos por eles hoje serão praticados após eleitos, tais como: a oneração da folha de pagamento, com apadrinhamentos políticos ou pessoas recebendo sem trabalhar; o superfaturamento de obras e outros males que já conhecemos.

Dirão que faltará dinheiro para os serviços públicos e atacarão direitos dos servidores. O caminho é lutar, pois nossas poucas e ameaçadas conquistas que ainda temos foram conseguidas com luta. As eleições não garantirão nossos direitos, mas sim a unidade dos trabalhadores nas ruas, nas paradas e greves. Todos na assembleia com indicativo de greve no dia 13/09, às 8h, na E. M. Adele de Oliveira. PARTICIPEM!

Assembleia em Pureza acontecerá no dia 9


No dia 9 de setembro, terça-feira, teremos Assembleia Unificada (estado e município) em Pureza. A participação de todos se faz importante, pois discutiremos, entre outras questões, a eleição para o Núcleo. A assembleia será na Escola Estadual Henrique Eufrásio, às 8h30. Confira a pauta completa:


Eleição do Núcleo do Sinte
Informes da Ação do Fundef
Informes da audiência
Avaliação
Encaminhamentos de lutas

Temer (PMDB) encerra Programa Nacional de Combate ao Analfabetismo


O presidente em exercício, sem voto popular, segue com cortes nos serviços públicos e direitos da população. Agora, o ataque é contra aqueles que não sabem ler e escrever, pois, no que depender de Michel Temer (PMDB), eles continuaram assim. Segundo reportagem o jornal Folha de S.Paulo, são 13 milhões de brasileiras e brasileiros analfabetos, ou seja, 8,3% de pessoas a partir dos 15 anos.

Embora o Ministério da Educação desse falso governo afirmar que o Programa Nacional de Combate ao Analfabetismo, prefeituras e governos estaduais confirmaram que ele foi bloqueado e, portanto, não se pode dar início a novas turmas.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

SINTE/RN DE CEARÁ-MIRIM ORGANIZA IDA À ASSEMBLEIA EM NATAL DIA 12


O Sinte Estadual realizará assembleia em Natal, no dia 12, sexta-feira, ás 8h, na ASSEN. A Regional de Ceará-Mirim disponibilizará um ônibus para que os trabalhadores do nosso município possam participar. O ônibus partirá às 7h, em frente a Escola Estadual Ubaldo Bezerra. 

Em pauta a Campanha Salarial, o calendário de pagamento (ativos e aposentados), a revisão do Plano de Carreira e a gestão democrática.

Após a assembleia acontecerá uma manifestação contra os ataques do governo Temer à educação pública. A concentração será na ASSEN, onde os trabalhadores em educação sairão em caminhada às 10h, em direção a praça cívica. Sindicatos ligados a educação e movimentos sociais também deverão participar da atividade.

Com informações do Sinte Estadual

Estudantes de Ceará-Mirim organizam ato público para o dia 10


A Semana de resistência e luta estudantil em defesa da educação pública, que está acontecendo desde o dia 8 na Escola Ubaldo Bezerra de Melo e com realização do Movimento Resistência Estudantil IUBM está programando um ato público em defesa da escola pública, às 8h30, no dia 10, quarta-feira. com concentração em frente a escola.

Nós do Sinte/RN de Ceará-Mirim não só apoiamos, como convidamos a todos a participar dessa luta dos estudantes.

Assembleia do dia 10 é remarcada


No dia 10 de agosto, quarta-feira, teríamos uma assembleia conforme foi aprovado nos encaminhamentos da assembleia anterior. Porém, em virtude da demanda de ações realizadas pelos diretores da Regional, que precisam dar respostas aos trabalhadores dos núcleos de Ielmo Marinho e Maxaranguape, que estavam com os salários atrasados, estamos remarcando a data. A assembleia com indicativo de greve será realizada no dia 18, quinta-feira. Até lá, passaremos nas escolas fazendo a mobilização e tirando as dúvidas que por ventura venham surgir. Em breve, também, anunciaremos o local e a hora do nosso encontro. Pedimos desculpas pelo adiamento, mas este se fez necessário. Agradecemos a compreensão de todos!

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Ceará-Mirim convoca assembleia extraordinária para os trabalhadores da rede estadual


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação pública do RN, Regional de Ceará-Mirim, realizará nesta sexta-feira, dia 5, às 8h30, na Escola Estadual Interventor Ubaldo Bezerra de Melo, uma Assembleia Extraordinária da categoria para tratar da situação de caos na educação estadual, bem como os constantes atrasos de salários dos servidores feitos pelo governo Robinson de Farias.

Venham juntos discutir conosco a atual situação e tirar encaminhamentos de luta para solucionar estes problemas. Participe!

Pauta: informes, situação do caos na rede estadual, atraso de salários, encaminhamentos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Ielmo Marinho realizará assembleia Geral e Extraordinária no dia 3


Nossa próxima assembleia em Ielmo Marinho, que será Geral e Extraordinária, acontecerá no dia 3, quarta-feira, ás 8h, na Escola Municipal Senador Jessé Pinto Freire.

O motivo para ser Geral e Extraordinária é que a situação em Ielmo Marinho é generalizada, onde os trabalhadores se encontram com os salários atrasados e sem perspectiva de quando será efetuado o pagamento.

Não deixe de comparecer!

Ielmo Marinho realizará assembleia no dia 3


Nossa próxima assembleia em Ielmo Marinho acontecerá no dia 3, quarta-feira, ás 8h, na Escola Municipal Senador Jessé Pinto Freire. 

Não deixe de comparecer!